MacBook Air x netbooks com Windows 7: portátil da Apple supera rivais

Já se sabia que o novo MacBook Air (lançado pela Apple no dia 20/10) oferece melhor desempenho em relação à geração anterior. Mas como ele se sai contra os notebooks com Windows 7 de tamanho semelhante? Julgando apenas pela performance, ele manda bem.

Com o Windows 7 rodando no equipamento da Apple, os testes mostram que o novo equipamento é mais rápido que todos os netbooks avaliados e perde para apenas um equipamento na categoria ultraportátil com o sistema operacional da Microsoft: o Asus U33jc.

A equipe do PCWorld Labs usou o Boot Camp para carregar o Windows 7 nos novos modelos de 11 e 13 polegadas do MacBook Air. Então rodou o pacote de testes WorldBench 6, com games como Call of Duty 4 e DiRT 2. O resultado: na sua categoria de notebook ultracompacto, ele é difícil de superar em performance. Mas sua bateria deixa a desejar, especialmente quando comparada a netbooks.

novoair390.jpg
Novo Air: bom desempenho para a categoria, mas com preço elevado

MacBook Air de 11 polegadas
Primeiros testamos a versão mais poderosa do equipamento compacto (11”), com 1,4 GHz Core 2 Duo, 2 GB of RAM, 128GB de flash e Nvidia GeForce 320M, adquirido por 1.199 dólares nos Estados Unidos para o teste (bem mais caro que a maioria dos netbooks com Windows). No Brasil, ele sai por 3.799 reais. Ok, Steve Jobs adora falar mal de netbooks, mas, por conta das características físicas do Air de 11’’ (pesa 1,06 quilo e tem 0,3 cm de altura na parte mais fina), comparamos o equipamento com os netbooks com Windows de melhor desempenho testados pela PCW até o momento.

Utilizado o WorldBench 6, que executa aplicativos populares, como Photoshop e Firefox, no sistema, compila os resultados e exibe uma nota, o equipamento da Apple de 11 polegadas atingiu 74 pontos, resultado que impressiona, se levarmos em consideração que os netbooks testados recentemente por PC World costumam ficar na casa dos 45 pontos.

Mais impressionante foi o desempenho do equipamento nos testes com jogos. A maior parte dos netbooks simplesmente não roda games 3D como  DiRT 2 e Call of Duty 4. Já o Air consegue isso, com uma taxa de 23 frames por segundo, rodando COD4, com resolução de 1024 por 768 e gráficos na opção high. Muito disso se deve à placa aceleradora Nvidia GeForce 320M, que é padrão nos equipamentos Air.

Infelizmente, a bateria integrada do aparelho não se saiu tão bem. Durou cerca de quatro horas. Já a autonomia dos netbooks com Windows ficou, em média, em 6,5 horas (com alguns superando esse tempo). O Gateway LT2118u (que custa 350 dólares nos EUA, um terço do preço do Air), por exemplo, chegou a quase 11 horas. E tanto o Asus Eee PC 1015PED quanto o HP Mini 5103  (400 e 600 dólares, respectivamente) ficaram pouco abaixo nos testes de desempenho.

Versão de 13 polegadas
O Air de 13’’ (1,32 quilo e 0,3 cm de espessura na parte mais fina) que testamos veio com chip de 1,86 GHz Core 2 Du, 2GB de RAM, 128 GB de armazenamento em flash e Nvidia GeForce 320M. Custou 1.299 dólares. Avaliado o desempenho, ele atingiu 90 pontos do WorldBench, superando a média dos ultraportáteis (categoria mais adequada ao seu tamanho, com equipamentos mais poderosos que os netbooks e chips como Core i5), atrás apenas do Asus U33jc (999 dólares), que teve 103 pontos.

Nos testes de games, o equipamento da Apple teve uma consistente taxa de 25 quadros por segundo no Call of Duty 4, com configurações no máximo, com resolução de 1024 por 768. Já seu rival da Asus ficou com 20,4 quadros no mesmo game. Em primeiro lugar nesse item ficou o Alienware MX11 (1.299 dólares), máquina com foco em games, com 41,8 fps.

Quando o assunto é bateria, o Air de 13 polegadas foi melhor que seu irmão menor, com cinco horas, bem próximo das 5,5 horas da média dos ultraportáteis. Na verdade, ele chegou a superar máquinas como o Dell Latitude 13 e o Inspiron M101z, tanto em bateria quanto em desempenho. Mas vale lembrar que essas máquinas custam, respectivamente, 500 e 600 dólares.

Esse desempenho competitivo torna o MacBook Air de13 polegadas um excelente opção para quem procura um notebook leve para levar na mochila. É claro que quem não é fã da Apple pode encontrar uma máquina de performance semelhante por menos, caso do Asus U33jc (1.000 dólares nos EUA) ou do Lenovo ThinkPad Edge (800 dólares).

Vale lembrar que o Air não tem drive óptico nem porta Ethernet, o que ajuda a manter o equipamento tão “magrinho”, itens que podem ser achados em notebooks compactos com Windows.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s