Microsoft promove levante judicial contra pirataria


A Microsoft pegou pra si o olho de vidro e a cara de mau e partiu para o ataque. Segundo o site TechFlash, a gigante da informática está coordenando uma ação com 300 processos judiciais em 70 países diferentes contra revendedores do Windão pirata. Tudo em colaboração com agentes do governo e a polícia.

Calma, claro internauta cujo SO só falta ter papagaio no ombro e entrar no navio, são “ataques” a REVENDEDORES.

Todas as ações fazem parte de uma iniciativa maior, chamada Consumer Action Day (Dia de Ação do Consumidor). A ideia é educar os usuários para reconhecerem se seus Windows são ou não originais e preveni-los contra os malefícios que, segundo a MS, tais softwares não genuínos (ou genéricos, como diria um conhecido meu) podem conter – como vírus e outras ameaças à segurança do usuário da máquina.

É óbvio que também há interesses da Microsoft por trás disso, já que processos judiciais sempre assustam.

Porém, fazendo as vezes de advogado do proprietário, ser vítima de golpe ninguém quer. Neste sentido, é bom ajudar os usuários a reconhecer o software pirata, especialmente se ele compra achando que é o original e, de repente, paga quase o preço do original.

Isso é diferente do camarada que vai no camelô, paga R$ 10 num DVD escrito “Windons 7”, e instala na máquina por conta e risco, sabendo do que se trata.

Antes que me chamem de hipócrita duvidando que eu nunca tenha utilizado um Windows pirata, digo – desse crime não sou culpado. NUNCA utilizei Windows pirata nas minhas máquinas. E atualmente sou usuário Linux, e da franca opinião de que livre é melhor que falso.

De qualquer forma, a Microsoft relata que nos últimos dois anos recebeu 150 mil alertas de Windows pirata. Todos voluntariamente enviados pelos usuários. Aliás, para o David Finn, um dos encarregados combate à pirataria na Microsoft, você usuário, é um dos agentes mais importantes no combate à perda de dinheiro pirataria.

– Na verdade, o usuário é um remédio natural à pirataria porque eles estão constantemente frustrados e enraivecidos com os vírus e malwares – disse, Finn, sobre os “Windons” da vida, embora muito usuário de SO original também se identifique no perfil (brincadeirinha).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s