Pega, kss-kss! Gates e Schmit se encontram

Schimit (esquerda) e Gates (centro) se encontraram em Sun ValleyFoto: Nati Harnik, AP
Nati Harnik, AP

O Wall Street Journal flagrou o encontro na hora do almoço de dois caras por trás dos titãs da era da informática. Bill Gates, que dispensa apresentações, e Eric Schimit, CEO do Google, dividiram a mesa em Sun Valley no mesmo dia em que o Google anunciou seu concorrente do Windows, o Chrome OS.

Advinha qual foi o assunto? Qualquer um, menos o Chrome OS, segundo o jornal norte-americano.

Schmit e Gates não falaram sobre o grande assunto da semana no meio tecnológico? Acredito (sem ironias). Pelo que diz o jornal, Schimit não queria o desenvolvimento do Chrome (navegador) e muito menos do Chrome OS (sistema operacional).

Foram seis anos de resistência de Schimit contra os cofundadores do Google Lary Page e Sergey Brin.

Um dia, porém, apareceu um protótipo do Chrome, e o executivo deu o braço a torcer e se rendeu ao produto. Então, foram seis anos de amadurecimento da empresa, de lançamentos em cloud computing, e de evolução da internet como um todo para que o Google projetasse um software com foco em netbooks e na nuvem.

Valeu a retranca.

Toda essa demora, porém, não é o motivo pelo qual acredito que o bate-papo de almoço entre Schimit e Gates não tenha incluído o Chrome.

§ 1º – O Windows 7: tanto na versão beta quanto no Release Candidate, o Windows 7 já deu provas de que pode dar novo vigor ao sistema operacional da Microsoft. Chegando no mercado ainda este ano, quando o Chrome aparecer, o Windows 7 já deverá ter reduzido à vaga lembrança todos os problemas com o Vista. Além disso, a nova versão do SO da Microsoft também rodará em netbooks.

§ 2º – Office Online: está previsto para segunda-feira o lançamento de uma versão na internet do pacote de produtividade da Microsoft. Finalmente, o líder de mercado chega na nuvem com Word, Excel e PowerPoint, onde o Google já oferece concorrência.

§ 3º – O Bing, lançado no início do mês passado, tem se mostrado um bom buscador, capaz de superar concorrentes e até ficar logo abaixo do Google no mercado.

§ 4º – Apesar das farpas, nada mudou ainda. Microsoft ainda é a líder do mercado de sistema operacionais (e deve ser por um bom tempo) e o Google ainda é o soberano nas buscas (idem).

§ 5º – Era a hora do almoço. Dá uma folga pros caras!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s