Levar o laptop para evento de tecnologia é praticamente item básico. E tem, é claro, quem personalize a máquina. Mas os adesivos não têm um caráter apenas decorativo.Os geeks também usam o computador para estampar as suas bandeiras.

Selecionei alguns computadores que chamaram a minha atenção no 10º Fórum Internacional Software Livre:

Na foto acima, o computador do pernambucano Jorge Pereira, 27 anos.

– Quem vê meu computador já sabe que eu uso Linux – afirma.

Quer dizer, quem não é do meio, talvez não saiba que o pezinho colado no laptop é o símbolo do Gnome – uma das interfaces gráficas do sistema operacional Linux, o carro-chefe do movimento de software livre. Na máquina, também se vê o gnu.

##

A pesquisadora Vanessa Nogueira (acima), 28 anos, de Santa Maria, não colou um pinguim bebendo chimarrão em seu micro só porque a figura é simpática. Quer divulgar a comunidade de software livre da qual faz parte, a Tchelinux. Ah, o pinguim tem um nome, é o Tux, mascote do Linux.

##

O micro acima é de Márcio Leal, 25 anos, de São Sebastião do Caí.

– Esses adesivos ajudam a contar um pouco da minha história – justifica.

Por exemplo, indicam o Estado de onde é, o sistema operacional que usa, a universidade em que estuda, projetos que curte e até alguns eventos em que participou.

##

No computador do mineiro Lincoln de Sousa, 22 anos, os símbolos do Debian e do Gnome não poderiam faltar. O motivo é simples:

– Divulgo no meu computador as coisas em que eu acredito – justifica.

##

Propaganda ambulante

Se o laptop pode servir de outdoor ambulante, o cartunista Wallisson Narciso, 24 anos, de Maceió, tratou de estampar no seu micro o endereço do seu blog (imagem abaixo). E até dá uma prévia do sua arte, com uma ilustração sua colada na tampa do notebook.

– É uma forma de divulgar o meu trabalho – diz Narciso, que também comprou um adesivo na lojinha da organização do evento.

No local, são vendidos ainda outros itens, como camisetas. Em alguns momentos, há filas. O valor arrecadado cobrirá os custos de produção do material e do estande, e o restante irá para projetos da Associação Software Livre, informa a organização do evento. Nos primeiros dias de fórum, foram vendidos mais de 15 mil adesivos com as marcas do Fisl.

– Comprar os adesivos vendidos pelas comunidades do software livre também é uma forma de ajudar essas projetos – diz Narciso.

##

Eu adoro o tema adesivos para laptops, inclusive, já publiquei aqui no blog dicas de sites onde encontrar esse tipo de material. Sugiro espiarem estes posts:

fonte:zero hora


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s