Convença o cônjuge a deixar você trocar de laptop

Casar tem muitas coisas excelentes, e umas regulares. Por exemplo, conta conjunta. Isso significa que parte do salário que você gastaria com qualquer gadget nos tempos de solteiro – e o troco nos prazeres carnais lícitos, tipo um “xis” (burguer, pra quem não é do RS) com refrigerante (ou cerveja, pra quem bebe) – vai pra POUPANÇA.

Se você está nessa sinuca de bico financeira e sentimental, seguem algumas dicas para convencer a cara metade a trocar o portátil. Os estratagemas podem ser utilizados separadamente ou combinados, dependendo da pressa.

PS: este é um post de humor, não vá tentar isso em casa.

# 1 – Cansaço por falta de sono

Invente alguma desculpa para trabalhar na cama com o laptop: “eu preciso fazer isso, mas não queria te deixar ir dormir só de novo”. Daí, fique um bom tempo com a luz acesa, ou até ouvir um:

– Ai, não dá pra apagar a luz?!

– Eu bem que queria, amor, mas eu preciso MESMO terminar isso. Ainda se a gente tivesse um desses notes com teclado backlight, sabe, que acende no escuro, eu enxergaria as teclas com as luzes apagadas. Você sabe que digitar nunca foi o meu forte.

Repita até ouvir um sim.

# 2 – Expectativa frustrada

Baixe um arquivo que você sabe que fica impossível de se visualizar/rodar no seu laptop e depois tente mostrar pra ela, dizendo:

– Amor, olha só que legal. É um vídeo ótimo, super engraçado… (começando a rir). Você não vai acreditar (vale passar mal de tanto rir nessa parte).

Depois, é só espetar o pendrive, já argumentando que não ia conseguir baixar mesmo (assim você já prepara terreno para aumentar a banda), e ficar olhando com ansiedade o monitor. Caso demore muito, vale sair do ambiente e largar um “me chama, me chama quando der pra ver”, assim você deixa a cara metade na expectativa.

Quando não funcionar… depois de uma meia hora, ou mais, se você for fera:

– Puxa, se a configuração da máquina fosse um pouquinho melhor… que pena, era tão engraçado… você ia gostar tanto!

Repita até ouvir um “tá bom, vamos comprar um novo”.

# 3 – Frustração por desuso 1 (hardware)

Essa pode ser meio complicada, mas no Windows deve funcionar melhor (brincadeirinha). Digamos que vocês comprem um novo equipamento qualquer para ser usado com o computador e que este, casualmente, não seja compatível.

Não perca a chance. Assuma a responsabilidade de encontrar o driver, ou a solução, e falhe, falhe, falhe despudoradamente. E não esqueça de por a culpa no computador, claro.

Repita até ouvir um “esse computador é uma porcaria mesmo”.

# 4 – Frustração por desuso 2 (software)

O mesmo princípio anterior vale para o software. Invista no lobby doméstico de programas cuja especificação mínima você sabe que é superior ao seu laptop. Depois entre em depressão por não conseguir rodar, lógico.

Repita até ouvir um “se é pra você sorrir, vamos comprar um novo”.

# 5 – Ciúme induzido do PC pelo dono

Se os estratagemas anteriores não funcionarem, você pode acrescentar a tática do ciúme do PC. É bem simples. Depois que tudo deu errado, e vocês já estão conformados com o note – na verdade, vocês não, só ela – você diz:

– Puxa que pena, sabe aquela menina lá do serviço? A fulana, aquela que usa sempre umas roupas meio justas, eu acho vulgares? Pois é, ela tem u-ma má-quina (vale erguer as sobrancelhas). Meldels!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s